quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

    John também já escreveu poemas... U_U'

    Muita coisa pra dizer - ou escrever
    E nada que eu possa em palavras expressar - ou tentar
    Já que talvez seja impossível descrever - ou falar, ou imaginar

    Nada me resta, a não ser querer - sonhar e
    Imaginar o que - quem sabe um dia irei - falar
    Quando descobrir - ou ter certeza d' - o que é amar

    Escrito por John,
    no dia 5 de abril de 2010,
    em algum momento de devaneios...


    P.S.: Nunca fui bom em escrever poemas. Só me arrisco a fazer tal coisa em extremos momentos de tristeza, solidão e... fome!
    P.S.2: O que não significa que eles sejam bons, mesmo sob as circunstâncias citadas acima...
    P.S.3: Repare que mesmo não lendo os complementos entre os travessões, o poema ainda faz sentido (ou não...)
    P.S.4: Infelizmente, ainda não inventaram. Mas, com certeza, vai ter gráficos quase reais... xD

    4 Comentários:

    Wanderley Elian Lima disse...

    Oi John
    Todos nós procuramos essa certeza do que é amar. Enquanto não a temos, vamos amando assim mesmo.
    Gostei do poema,pra vc ver que tristeza não é de todo inútil.
    Feliz Natal.
    Bjux

    Sam disse...

    own, que linds John *-*
    Eu acho que você escreve bem U_U
    John tendo crises emotivas =O
    Não entendi a história dos gráficos .-.

    BJOs,
    Sam

    Gessy disse...

    Escreve bem mesmo, não que eu seja uma especialista em poemas (?), ou algo assim, rs Enfim, eu gostei.
    Realmente faz sentido sem ler os complementos entre os travessões.

    Não entendi a história dos gráficos .-. +2

    John disse...

    Huahua! Valeu gente!

    O "P.S.4" foi uma alusão idiota ao PlayStation 4, que ainda não existe! ;P