sábado, 12 de novembro de 2011

    A primeira blitz a gente nunca esquece...

    "Beleza! Vamos pra Marechal, então, comer uma pizza!", decidimos ontem a noite. E então a gente foi. Bia, Fernando, Álvaro... e eu, claro, dirigindo. Pra começar, Álvaro liga pro pai dele antes, pra avisar que estava indo à cidade vizinha lanchar. Ele então passa o celular pra mim e Pascoal fala: "Jonatas, juízo com o carro, hein! Toma cuidado na estrada."

    Claro que não. Vou deixar a permissão em casa, beber dois litros de cerveja e sair na BR-262 voando a 200 Km/h... ¬¬ Claro que vou tomar cuidado! Pra ir, foi tudo ok e o pessoal até reclamava que eu estava indo devagar demais.

    Lá, devoramos uma pizza mixta tamanho G. Isso mesmo: mixta, com "x"... Pelo menos estava assim no cardápio. Além da pizza, claro que pedimos um coquetel de cachaça, whisky, conhaque, paratudo e jurubeba uma Coca-Cola pra acompanhar.

    No caminho de volta também tudo ocorreu muito bem. Mas eis que chegando as portas da cidade...

    A WILD BLITZ POLICIAL APPEARS! Fujam para as colinas! \o\

    Mas tudo bem, a documentação está em dia e minha permissão ainda não tinha expirado. Encostei o carro, desliguei o motor e abaixei o vidro. O policial chegou perto, olhando pela janela. E aquele silêncio mortal no ar... Aí ele: "Posso saber porque os passageiros estão sem cinto de segurança?". Aí quando eu olho, só eu usando cinto... D: Todo mundo no carro continuou em silêncio.

    Ele pediu pra colocarmos os cintos e mostrar o documento do veículo e minha habilitação, enquanto dizia que eu havia cometido uma infração gravíssima (na verdade é uma infração grave; ele errou, mas eu fiquei quieto...). Tirei o meu cinto também, pra pegar a carteira no bolso. Com muito custo, consegui tirar os papéis da carteira, mesmo com a coordenação motora comprometida pelo nervosismo.

    Então o policial: "Isso aqui é uma permissão." (A carteira só vem um ano depois de conseguir a tal permissão. Se alguma infração for cometida nesse período de um ano, automaticamente você a perde...). Eu concordei, já me imaginado refazendo todas as aulas na auto escola...

    Mas graças a Deus ele deixou passar. Só advertiu pra não acontecer novamente e disse "Boa noite". Agradeci. Até então, Álvaro e Fernando não tinham conseguido desprender os cintos do banco de trás e eu, nervoso, me esqueci de recolocá-lo também. Acho que só Bia estava com cinto naquela hora... Então continuamos o caminho de casa, quase todos sem o maldito cinto de segurança de novo...

    Sem falar que na entrada da minha rua, tinha mais uma viatura, bloqueando a passagem. Parei do outro lado da pista e dei seta, torcendo pros policiais saírem sem perceber que a gente continuava sem cinto. Eles até perguntaram se queríamos passar, antes de irem embora... Ufa!

    USE O CINTO DE SEGURANÇA! ELE SALVA VIDAS! (Mas como disse Fernando: "Mas já pensou se a gente caísse num rio? A gente ia ficar preso e todo mundo ia morrer afogado... Podia ter falado isso pro policial...")

    10 Comentários:

    Wanderley Elian Lima disse...

    Não dirijo. Tenho verdadeiro pavor de volante. A primeira coisa que faço qdo entro em qualquer carro, é colocar o cinto, pois não quero que amigos meus levem ferro por minha negligência. Juízo menino rsrsrsrsrs
    Bom feriadão
    Bjux

    Álvaro disse...

    ahhhhh no comments, ele postou isso mesmo...

    Cízz disse...

    ...Eu queria saber dirigir...
    Então, vamô lá:
    Bom, usar cinto é legal, mas e se o carro pega fogo por exemplo? XD É Fernando, em certas partes você tem razão, mas USEM O CINTOO PELO AMOR DE DEUS!
    E não é horrivel essa sensação nervosa que seu corpo não responde a sua pressa? Isso acontece muito comigo quando minha chefe chega perto para ver o serviço... tipo eu quase dou um colapso! #drama :D
    Bom sabado John! ^^
    :X

    Álvaro disse...

    Sua primeira blitz e logo quem pra te dar sorte? eu e Fernando, parabéns.

    John disse...

    Na moral, Álvaro... Tinha que ser por causa de vocês dois, mesmo! Nunca mais levo pra fazer lanche... u__u

    Mundo Pommer disse...

    leva sim, uhuhuuh, mais levantemos nossas mao e rezamos para nunca cair nun rio ou o carro pegar fogo! XD(mais use o cinto!)

    Vindemiatrix disse...

    De fato, a primeira blitz a gente nunca esquece (nem a segunda, a terceira, a quarta, quando vc esquece o documento, etc ...)

    John disse...

    Huahua, Vindemiatrix. Espero nunca esquecer os documentos. E agora nunca mais ando sem cinto também... '-'

    Richelmy disse...

    hahahaha muito bom..
    quando era mais novo, também a primeira coisa que fazia era colocar o cinto. Fruto e muitos anos de pressão psicológica feita pela minha família:
    "Bota o cinto senão você vai aprender rapidinho a voar!"

    É... parece que deu jeito em mim...
    Fizeram o mesmo sobre as marditas Dorgas e camisinhas, desde uns 8 anos de idade repetem a ladainha "Não use drogas!" e "foda com camisinha ou quem se fode é você!"(não exatamente com essas palavras, claro)

    Gessy disse...

    Sempre uso o cinto de segurança, mas também sempre penso: e se o carro pegar fogo e cair em um rio? E se acontecer essas duas coisas ao mesmo tempo? Bom, como já disseram, só resta levantar a mão para o Céu e rezar, ou tentar (e não consegui) sair do carro e depois... bom, rezar.

    Use cinto de segurança sempre!

    (: